Final de semana se foi e, muito certamente, várias besteiras vieram. Normalmente é assim que acontece, depois de um sábado e domingo de muita comida, reservamos a segunda-feira para colocar em prática algo nem sempre bem quisto: a dieta. E daí só uma coisa pode acontecer: estresse.

Fala sério, dieta na segunda é um saco. Na realidade, dieta é um saco em qualquer momento. Mas não deveria ser algo punitivo, e, sim, previamente estudado e planejado. Sempre que fazemos algo por impulso, o resultado tende a não ser satisfatório. Ainda mais algo que nos atinge tão diretamente.

Para evitar esse problema, que tal manter uma alimentação equilibrada, sem grandes altos e baixos durante boa parte do tempo? É melhor pro corpo, para a auto-estima e para o estresse. Podemos comer de tudo, desde que com o bom e velho bom-senso guiando. Além disso, barrinhas Nutry ajudam muito nessa hora. Pode conferir.

Postado por: carlasaid

Sexta-feira chegou e, com ela, mais um final de semana. E aí, já planejou como será o seu? Cinema, restaurante, teatro, passeio no parque? Hein? O que você vai fazer? Quais são os programas escolhidos dessa vez?

Já reparou como, atualmente, nós nos obrigamos a encher o dia de afazeres? Mesmo o final de semana, que, antes, era um momento de descanso onde ficávamos de pernas pro ar, hoje é tomado de coisas. É uma constante reposição de agenda e horários.

Por passarmos a semana toda trabalhando, é normal querer um passeio mais relax no sábado e domingo. Mas quando isso toma todo o seu tempo, que estresse! É uma correria danada e parece que você acaba mais cansado do que nos dias de trabalho. Não vale a pena.

Se você se identificou, não acha que está na hora de diminuir o ritmo? Quem sabe assistir a um filme durante a semana ou pedir comida em casa ao invés de sair? São coisas simples e que ajudam a tirar um pouco a pressão. É importante para relaxar e descansar.

Afinal, se divertir sem estresse é o objetivo de tudo, não é?

Postado por: carlasaid

Você sabia que o sono previne o envelhecimento precoce, estresse e, até, doenças cardíacas? Não? Então dê uma olhada na matéria do portal Quero Viver Bem. Ela explica como tratar e melhorar os distúrbios do sono, que atinge cerca de 4% da população adulta.

http://www.queroviverbem.com.br/materias.php?c=sono

Postado por: carlasaid

 

Calendário de futebol é assim: todo dia tem jogo. Hoje, tem Libertadores e, com certeza, algum outro jogo lá na Europa, Ásia e Oceania. Fato. Por conta disso, é sempre difícil escapar de qualquer comentário que seja sobre o esporte.

Se você curte futebol, ótimo, agora, se você não pode ouvir falar, muita calma. É importante segurar a irritação e aceitar que esse é um dos esportes mais populares do mundo e, se você não gosta, é muito provável que seja exceção.

Aprenda a lidar com isso: aceite os comentários, veja alguns lances e faça suas apostas. O jogo tem duas horas de duração – ok, pode colocar mais umas duas de comentários póstumos. E só. É melhor saber conviver do que brigar com ele.

Tirando isso, sempre existe o shopping, cinema ou um restaurante (sem televisão no local, por favor) para escapar. As cidades possuem as mais diversas opções para entretenimento e futebol é apenas uma delas. Viu como não precisa sofrer?

Postado por: carlasaid

A gente sabe o quanto é importante ter o melhor relacionamento possível no trabalho. Por mais que fiquemos o dia inteiro olhando para as mesmas pessoas, é legal participar de festas, happy hours e eventos em conjunto. O problema é quando isso se torna uma obrigação e acaba sendo mais estressante do que benéfico.

Se o pessoal for animado, então, é papo de três vezes por semana se dar a famosa comemoração por motivos desconhecidos – o tal beber por beber.  E daí, haja paciência para participar de tudo, ou fugir de tudo. Nessas horas, é preciso ter muito cuidado. Participar de todos os programas pode ser demais, mas também não comparecer a nenhum é feio.

Ok, às vezes você não está a fim, o dia foi cheio, e a única vontade do mundo é a de ir pra casa. Tudo bem. Agora, se isso acontece todas as vezes, corre o risco de você se tornar o chato da turma e ser banido de várias coisas – e isso não é legal.  Por isso, esforce-se, participe de algumas saídas e enturme-se com a galera. É bom para o trabalho e melhor ainda pro social.

Postado por: carlasaid

Humor é uma excelente pedida para combater o stress. Mas isso não deixa de ser um assunto sério. Tanto é verdade, que Nutry quer buscar soluções para esse problema. É hora de juntar forças e pensar em idéias que possam mudar o mundo. E você pode ser uma dessas mentes que, durante um mês, vão traçar estratégias pra conquista de uma vida com mais qualidade.

Funciona assim: você manda suas ideias e uma comissão multidisciplinar vai decidir qual é a melhor e mais eficiente solução pra acabar com o stress no dia a dia. Como uma idéia dessas terá grande valor para muita gente, o ganhador vai passar um fim de semana com acompanhante no ClubMed Rio das Pedras com tudo pago, pra mandar o stress pra longe.

Todas as idéias vão formar um manifesto que será enviado a imprensa, ONGs e Poder Público. Tudo com acompanhamento e divulgação no Stressblog e nas redes sociais. Isso significa que a discussão vai ganhar corpo – é a típica promoção onde todos ganham.

Para participar, você deve clicar no banner da promoção e enviar texto, foto ou vídeo com sua ideia. Se você não tem câmera ou filmadora, sem problemas: vamos aproveitar locais de grande concentração de pessoas e stress e colocar uma equipe a disposição de quem quiser. Esse material será postado no Youtube e pode virar uma série de posts no Stressblog.

Fique de olho: Para conquistar uma vida melhor é preciso enfrentar o problema e pensar em soluções.

Postado por: carlasaid

Dia de grande evento na cidade é quase sinônimo de grande irritação. Filas enormes, trânsito que não anda (às vezes por vias fechadas e/ou modificadas), mais pessoas na rua e muita, muita desorganização. Eis o embrulho do estresse perfeitamente montado e lançado para todos nós.

O maior problema na situação é que, muitas vezes, as pessoas mais afetadas pela farra são justamente aquelas que não têm nada a ver com ela. Na maior parte dos casos, são trabalhadores que estão tentando sair de casa (ou voltar pra ela), pessoas com compromissos sérios, ou apenas tentando relaxar depois de um dia atarefado. E o que acontece? Ninguém consegue nada disso. Não é para deixar qualquer um com os nervos à flor da pele?

É até difícil dizer o que fazer nessas horas porque é realmente complicado. Mas, como acreditamos no bem-estar geral, a melhor dica é evitar as ruas, pegar o metrô (para quem pode, é claro) e colocar um bom mp3 para tocar. Não tem nada disso? Compre um livro, uma revista ou palavras-cruzadas. Pelo menos você consegue se distrair um pouco. Ah, uma barrinha de Nutry também ajuda a adocicar a mente. Acredite, nessas horas, castanha com chocolate relaxa que é uma beleza.  

E, falando em grandes eventos, São Paulo terá sua sexta Virada Cultural nesse final de semana. Quem quiser aproveitar, aqui estão boas dicas de programação: http://catracalivre.folha.uol.com.br/editoria/virada-cultural-urbano/ Agora, quem quiser fugir, passe na locadora, abasteça sua despensa e feche as janelas. Porque ser caseiro também não faz mal a ninguém.

Postado por: carlasaid

13/05/2010

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas

Falta um mês pro dia dos namorados e as lojas já começam a pipocar anúncios e promoções referentes à data. Se você tem com quem compartilhar o dia, ótimo, se não, ainda dá tempo de conquistar seu grande amor (mesmo que, muitas vezes, por pouco tempo).

De qualquer forma, Dia dos Namorados, para quem tem ou não, é sempre estressante. Faltando um mês então, nem se fala. Se temos alguém, já começamos a pensar em presentes, lugares, surpresas, e a estudar os melhores roteiros. Se não, logo vem aquele sentimento de “ninguém me ama, ninguém me quer”, muito recorrente nessas horas.

A verdade é que, sabendo lidar com as situações, esse pode ser considerado um estresse gostoso. Não as filas, a dúvida, ou a falta de outra pessoa, e, sim, tudo que envolve a data, como: amor, carinho, cumplicidade, paixão. Sentimentos maravilhosos, sem dúvida nenhuma, e que existem para nos deixar mais felizes.

Agora, muito cuidado quando esses sentimentos acabam. É difícil, mas o melhor a fazer é segurar o estresse. Senão, podemos acabar na rede, gritando de madrugada, por causa de um simples chip de celular. E isso é muito, muito, muito mais estressante. Veja se você não concorda: Pedro, me dá meu chip

Postado por: carlasaid

Num país pentacampeão de futebol, ano de Copa do Mundo é especialmente estressante. Quando sai a escalação do time oficial então, nem se fala. Todo mundo querendo dar pitaco e se achando um pouquinho técnico. Não adianta, mexeu com nossa seleção mexeu com a gente.

Tudo bem, isso não acontece sempre, é apenas de cinco em cinco anos. Mas, para nosso azar, esse dia foi ontem. E dá-lhe estresse. Basta dar uma olhada em sites de relacionamento para ver o quanto esse assunto dá nos nervos. “Dunga”, “seleção”, “burro”, foram algumas das palavras mais escritas ontem – e isso resumindo bastante os adjetivos proferidos.

Se parece impossível fugir do problema, não esquente. Aceite que o mês será dedicado a lances, jogadores e os mais diferentes comentários possíveis ao esporte, e leve a vida na tranqüilidade. Até porque, estamos falando de Copa do Mundo, ou seja: nem viajando dá para escapar disso.

Então, nossa dica é: relaxe. Escute música, leia um livro, passeie no parque e coma muito bem (Nutry Sinfonia de Nozes é uma ótima opção). Porque, pelo menos quando podemos prever o estresse, é muito mais fácil lidar com ele. E ninguém mais merece ficar tão tranqüilo quanto você.

*Para quem não viu, acompanhe a escalação aqui: http://tinyurl.com/36fudzr

Postado por: admin

Postado por: samamba

O stress já afeta grande parte da população mundial. São pessoas que não dormem bem, se alimentam mal ou estão passando por uma fase difícil. Milhares de fatores podem provocar um stress. Alguns desses fatores e consequências você pode ver por aqui.