Muitas pessoas buscam a aparência de um “abdomen tanquinho”, “trincado”, enfim, com a musculatura abdominal bem definida.Mas segundo o personal trainer Ricardo Wesley, em matéria publicada no site da Equipe Jita Kyoei (www.jitakyoei.com.br), o “abdomen tanquinho” é, muitas vezes, mal interpretado pelos frequentadores das academias.

Não importa o número de abdominais que você realize se o seu percentual de gordura estiver alto, acima de uns 9%.Nesta faixa de percentual de gordura você não enxergará a musculatura do seu abdomen.

Desta forma, para se ter um “abdomen tanquinho”, o primeiro passo deveria ser associar uma dieta hipocalórica com a prática de exercícios físicos, visando obter um baixo percentual de gordura corporal.

Outro mito: fazer muitos exercícios abdominais permite a queima de gordura na região da barriga, e que são necessárias aulas de 45 minutos destes exercícios.A musculatura abdominal é parecida com todas as outras do seu corpo, guardadas as suas devidas particularidades.

Para deixar a sua musculatura abdominal mais aparente, é possível hipertrofiá-la a partir de algumas séries, algumas vezes por semana.Concluindo: para se obter um “abdomen tanquinho” é preciso ser relativamente magro (baixo percentual de gordura corporal) e buscar hipertrofiar a musculatura do abdomen, mas sem realizar horas de esforço, e sim, através de um esforço consciente e adequado ao seu corpo.

Autor: Ricardo Wesley - Personal Trainer.

Fonte:http://www.queroviverbem.com.br/ &  www.jitakyoei.com.br

Comments Off

Postado por: admin

Comments are closed.

O stress já afeta grande parte da população mundial. São pessoas que não dormem bem, se alimentam mal ou estão passando por uma fase difícil. Milhares de fatores podem provocar um stress. Alguns desses fatores e consequências você pode ver por aqui.